Dicas de Viagem: Conheça Nápoles, a capital mundial da Pizza!

Dicas de Viagem: Conheça Nápoles, a capital mundial da Pizza!

A cidade italiana é um destino imperdível! Não é à toa que é considerada uma das principais paradas de navios da Europa

Nápoles é um destino e tanto, acredite! Não é à toa, que ela é considerada uma das principais paradas de navios na Europa! Apesar do estigma de “terra dos mafiosos”, a cidade da Itália combina paisagens naturais, história, música e gastronomia de um jeito único! Nápoles é mundialmente conhecida como a terra natal da pizza. A sua tradicional pizza napolitana é para muitos, a melhor do mundo!

Além de ser considerada uma das cidades mais baratas do mundo para viajar, Nápoles conta com uma localização invejável e perfeita para quem quer conhecer essa região da Itália. Para você ter uma ideia, ela está localizada muito perto de Sorrento, Pompéia, Capri, Costa Amalfitana, Ischia e do imponente Monte Vesúvio.

Sem contar com suas próprias atrações! Seu centro histórico por exemplo, é Patrimônio Mundial da Unesco. Imagina a quantidade de história que ele tem para contar… Sua Catedral, a Capela de São Severo, o Monastério de Santa Chiara, o Palácio Real, o Teatro San Carlos e os museus Capodimonte e Arqueológico Nacional estão entre seus principais pontos turísticos!

A cidade é realmente imperdível! Dizem, inclusive, que ela é o destino perfeito para quem sonha em conhecer o sul da Itália sem precisar viajar muito. Nápoles tem tudo! E ai? Se encantou pelo destino? Que tal saber mais?

Veja algumas dicas a seguir:

Como chegar:
O Aeroporto de Capodichino está localizado a cerca de 7 km do centro da cidade. De lá, saem voos das principais cidades europeias e italianas. Se você preferir pode fazer uma viagem de trem, também pode. Eles vêm de outras regiões italianas e chegam a estação de Napoli Centrale.

Você pode sair também de outras cidades italianas de ônibus! Eles param na famosa Praça Garibaldi, próxima ao centro de Nápoles. Se preferir, existem balsas e barcas que saem de Capri, Sicília e Sardenha com destino a Stazione Marittima, porto da cidade. Falando nele, é lá que desembarcam grandes cruzeiros europeus. Você pode optar por conhecer Nápoles desse jeito também, o que não indicamos para quem deseja explorar a cidade mais a fundo.

Quando ir:
Se você não curte calor nem tumulto, evite o verão! É nessa época do ano, que a cidade enche de turistas do mundo todo. O inverno pode ser uma boa pedida também! O único problema são as praias, que devem ser deixadas de lado. Os meses de abril e maio e outubro e novembro são as melhores pedidas!

Onde comer:
Se você tem vontade de fazer um roteiro gastronômico, saiba que Nápoles pode ser uma boa opção. Acredite, é capaz de você querer passar o dia comendo por lá! É tanta coisa gostosa para experimentar, que chega a ser difícil dizer não para os quitutes italianos. Não é à toa que a cidade é conhecida como um dos maiores patrimônios gastronômicos da Itália!

Apesar de muito variada, o que chama mesmo atenção na cidade é pizza. Você sabia que Nápoles é a capital mundial da pizza? Você não pode deixar de provar a melhor pizza napolitana do mundo.

Entre as melhores pizzarias estão, a Pizzeria & Trattoria al 22, uma opção mais baratinha, a 50 Kalí di Ciro Salvo, a mais famosa da cidade, a Pizzeria Salvo, dona da melhor pizza de Nápoles, e a Pizzeria da Concettina ai Tre Santi, para quem tem vontade de conhecer uma verdadeira cantina italiana.

Além da pizza, Nápoles também é famosa por alguns outros pratos, entre doces e salgados, que você não pode deixar de provar. O Frittatine, uma espécie de bolinho frito de macarrão e queijo, a Montanara, uma pequena pizza frita e recheada de tomate e parmesão, a mussarela de búfala, o babá, um bolinho de rum, e o sfogliatella, uma massa recheada de ricota, canela e frutas cristalizadas, estão entre os pratos mais famosos da cidade! Acredite, você consegue encontrá-los em cada esquina da Nápoles.

Onde ficar:
As opções de hospedagem de Nápoles são super democráticas e contam com alternativas para todos os bolsos e gostos. Vale citar que se você estiver planejando fazer uma visita de verão na cidade, deve fazer reservas com antecedência, já que a Nápoles lota de turistas.

Quem deseja ficar colado no centro histórico, a dica é procurar por hospedagens em Via Toledo. Se você prefere uma opção menos cheia e agitada, mas ainda próximo às construções históricas, a dica é hospedar-se em Chiaia ou Santa Lucia. Além de estarem próximas de alguns dos principais pontos turísticos da cidade, os bairros contam com ótimas opções de restaurantes, estão à beira-mar e são bem mais tranquilos.

Para quem prefere fugir de todo o agito da cidade, a dica é procurar por hotéis em Vomero e Podilipo. Esses bairros estão localizados sob colinas e são uma ótima opção para viagens românticas!

Entre os melhores hotéis estão, o Bellini, o Excelsior, o Grand Hotel Santa Lucia, o Grand Hotel Vesuvio e o Il Convento.

O que fazer:
Castelo Sant’Elmo: a antiga fortaleza da cidade abriga um museu incrível, o del Novecento. Dizem que a atração é dona da melhor vista da cidade e do Monte Vesúvio

Capela Sansevero: A Capela Sansevero é considerada um dos museus mais importantes de Nápoles. A igreja, por si só, conta muitas histórias através de sua decoração! Você vai se encantar com seu estilo barroco

Teatro San Carlo: San Carlo é considerado o teatro mais antigo da Europa! Vale a pena fazer uma visita! Você vai se apaixonar por sua decoração

Praça do Plebiscito: Essa praça é considerada símbolo da cidade! É nela que estão localizadas algumas das principais atrações de Nápoles, a exemplo da Basílica Real San Francesco di Paola, do Palácio Real e da Biblioteca Real.

Galeria Umberto I: Essa galeria é uma versão menor da famosa Galleria Vittorio Emanuele de Milão!

Duomo de Nápoles: A catedral de Nápoles, também conhecida como a Igreja de San Gennaro, engloba a basílica de Santa Restituta e a Capela de San Gennaro

Nápoles Subterrânea: Esse é um dos passeios mais famosos da cidade, você não pode deixar de fazer! Uma viagem por túneis e cisternas te leva ao período greco-romano! Você encontrará vestígios do teatro romano e de abrigos antiaéreos da Segunda Guerra Mundial

Lungomare: A avenida à beira mar mais famosa da cidade! Não é à toa que ela é considerada uma das ruas litorâneas mais bonitas do mundo

Museo Nazionale di San Martino: O Convento de San Martino, construído no século XIV, é um dos mais importantes exemplos do estilo barroco na cidade. Hoje, parte dele abriga o Museu Nacional de San Martino, que conta com uma pinacoteca e seção voltada para a história da cidade

Museu Duca de Martina: A mansão neoclássica Villa Floridiana foi transformada em um museu incrível sobre a história política da cidade

Museu e Galeria Nacional de Capodimonte: O Palácio Real de Capodimonte, construído pelos Bourbons, abriga hoje um dos museus de arte mais importantes da Itália! Seu acervo inclui obras de Alessandro Farnese, Botticelli, Ticiano, Michelangelo e muitos outros artistas.

FONTE: pureviagem.com.br